13 de abr de 2012

Resenha: Em Chamas, de Suzanne Collins

Em Chamas (Catching Fire) - Suzanne Collins
Atenção: Esta resenha é sobre o segundo livro da trilogia Jogos Vorazes. Não leia caso não queira spoilers.

Sinopse: Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem. 

Em Chamas
Autor: Suzanne Collins
Título original: Catching Fire
Editora: Rocco
Avaliação: 4/5

Depois de saírem vitoriosos da septuagésima quarta edição dos Jogos Vorazes, Katniss Everdeen e Peeta Meellark saem em turnê por todos os distritos de Panem para "celebrar" a vitória. Os dois tributos agora vivem em condições bem melhores na Aldeia dos Vitoriosos, mas o ato de coragem da dupla ao final dos últimos Jogos, ao contrário do que parece, não foi aceito pelo presidente Snow e trará consequências.

Numa visita inesperada à casa de Katniss, Snow deixa bem claro à jovem que sabe que seu romance com Peeta foi só uma farsa, mas que eles devem convencer a população de que foi e é real. Por quê? Porque a ousadia de desafiarem os organizadores dos jogos ao sugerirem que comeriam as amoras, caso não pudessem os dois ser ganhadores, foi vista pelos fúteis habitantes da capital como algo extremamente romântico, mas, em contrapartida, é uma atitude que soa bem rebelde para os outros distritos. E rebeldia é algo que a Capital abomina, então essa "fagulha" deve ser apagada. E logo!

Também é aniversário de 75 anos dos Jogos, e uma decisão surpreendente define todo o resto da trama. Conheceremos novos personagens, antigos tributos vencedores e um pouco mais da história de Haymitch. Não posso falar muito, senão solto spoiler! E, acredite, você não vai querer que ninguém estrague as surpresas que Em Chamas proporciona.

Talvez você se pergunte porque dei nota 4. Bem, achei um livro muito bom assim como o primeiro, mas não acho sensacional. Os livros que dou cinco estrelas, os que considero ótimos, são livros com os quais me identifico mais, tanto com personagens quanto com a trama em si. Mas não se engane! Suzanne Collins conseguiu criar uma continuação tão boa (ou até melhor) quanto o primeiro.

Ainda que Em Chamas comece com um ritmo mais calmo, por não ter toda a correria e loucura alucinante de Jogos Vorazes, ele ainda consegue te deixar curioso e faminto a cada fim de capítulo (e ao final do livro mais ainda!). Talvez poderia ter me causado um impacto maior, mas, infelizmente e sem querer, li um spoiler antes de ler que, de cara, eliminou uma surpresa que eu poderia ter tido. Ainda assim, a leitura valeu a pena!

A adaptação cinematográfica do segundo livro da série está prevista para chegar às telas dos cinemas no dia 22 de novembro de 2013. Foi confirmado recentemente que Gary Ross, diretor do primeiro filme, não dirigirá esta sequência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário