24 de mar de 2012

Filme: Jogos Vorazes

Jogos Vorazes (The Hunger Games)


Essa última sexta-feira, dia 23, foi o dia da estreia de Jogos Vorazes (The Hunger Games) nos cinemas para a nooossa alegria. O filme era aguardadíssimo pelos fãs da trilogia de livros de Suzanne Collins. Eu estou quase terminando o segundo livro, Em Chamas, e você pode ler a resenha do primeiro clicando aqui.
Uma sinopse rápida: Em Jogos Vorazes os Estados Unidos não existem mais. Num mundo pós-apocalíptico, a América do Norte é formada por Panem. O país possui 12 distritos mais a Capital, e é liderado pelo presidente tirano Snow. Após tentativas de ataques rebeldes contra a capital, há anos atrás, o governo de Panem criou os Jogos Vorazes. No evento anual, 24 jovens de 12 a 18 anos (chamados tributos) são escolhidos para lutarem numa arena onde apenas um sairá vencedor. Os Jogos são exibidos ao vivo para toda a população, como um reality show.
Fui assistir na sessão legendada de 15h, no Maceió Shopping. Cheguei cedo e logo vi fãs com camisetas andando pela praça de alimentação... Tinha até uma menina que fez cosplay de Katniss (eu deveria ter tirado uma foto com ela, mas fiquei com vergonha :P). Quando me dirigi ao cinema, vi que tinha uma galera maior e bem animada por lá. Do começo ao fim do filme foram só gritos, risos e "ooooh" toda vez que a lindinha da Rue aparecia. Até levei plaquinha do Distrito 13 e Capital Adverte pra colar na praça de alimentação! Foi bem divertido, apesar de eu ter ido sem companhia. #ForeverSozinho

Atenção: os comentários a seguir contêm informações sobre algumas cenas do filme, que podem ser consideradas spoiler por alguns.

Que balanço é esse?
Várias críticas publicadas antes da estreia comentavam sobre a câmera trepidante. E ela é perceptível logo no começo do filme, na apresentação do Distrito 12, onde mora a protagonista Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence). Vou confessar que não é muito agradável, e que pensei que essa "técnica" seria usada mais nas cenas dos jogos, na floresta, na correria; não achei apropriado usá-la logo no começo do filme, especificamente naquelas cenas.

A trilha sonora
O álbum de músicas inspiradas pela história, que vai de Kid Cudi a Taylor Swift, vendeu 150.000 cópias em apenas um dia! [¹] E o álbum é muito bom mesmo! Mas as músicas que tocam durante o filme são apenas instrumentais. O que faltou? Um rock nas cenas de ação! A primeira grande cena de ação, quando os tributos correm para a cornucópia, não tem uma trilha que dê peso à violência e ao desespero. Não curti.

A violência
Já muito se falava sobre as cenas de morte. Tudo que li dizia que o filme não era focado nelas (assim como o livro também não foca), e que não havia tanta violência. Acho que eu fui ao cinema esperando muito menos, porque fiquei super satisfeito com as cenas de morte. Há sangue e violência o suficiente para que a seguinte mensagem seja passada: eles são humanos como você e, sim, eles têm que se matar se quiserem sobreviver. Gostei!

Elenco de Jogos Vorazes (The Hunger Games cast)

As atuações
Não preciso nem falar que Jennifer Lawrence arrasou, né? A menina só recebe elogios! Na última cena de Katniss com Cinna (Lenny Kravitz) antes de entrar na arena, o tremor "encenadamente natural" é bem perceptível! No filme, ao contrário do livro, os pensamentos de Katniss não são externados, mas Jennifer tratou de transmití-los pela expressão corporal! Toda talentosa, linda e profissional (ao contrário de algumas vampiras)! A atuação de Josh Hutcherson (Peeta Mellark) também está sensacional. Ele conseguiu a imagem certinha do Peeta apaixonado, frustrado, esperto e determinado. Os coadjuvantes também arrasaram! Elizabeth Banks (Effie Trinket), Stanley Tucci (Caesar Flickerman) e Woody Harrelson (Haymitch Abernathy) foram meus favoritos! Ah, e a Amandla Stenberg, todo lindinha no papel de Rue! Coisa fofa!

Os efeitos
Os efeitos estão "tranquilos". Confesso que é complicado avaliá-los quando se tem trailers de "Battleship - Batalha dos Mares" e "Os Vingadores" antes do filme (efeitos sensacionais!). A cena de Katniss e Peeta na carruagem, com o traje de fogo, por exemplo, não me convenceu muito. Já a cena da entrevista com Katniss, quando ela usa o vestido vermelho, achei muito boa.

Plaquinha na estreia de Jogos Vorazes

O filme é fiel ao livro?
Na medida do possível e das intenções dos roteiristas, sim. Cenas que não estão no livro foram adicionadas, e foi bacana. Por exemplo, no filme vemos a sala de onde Seneca, o idealizador dos Jogos, comanda tudo; também vemos cenas de Gale assistindo aos Jogos durante o trabalho. Já coisas simples, que não requeririam muito para serem iguais ao livro, ficaram de fora ou foram mudadas. Um exemplo disso: Madge não existe no filme. Resta saber como continuarão no próximo e se as mudanças feitas valerão a pena. Vale lembrar que Suzanne, autora dos livros, teve participação no roteiro.

Finalizando...
Jogos Vorazes tem uma história que pode parecer fraca, mas traz analogias interessantes. Os livros são narrados em primeira pessoa, mas preferiram fazer um filme em que os pensamentos da protagonista não estivessem tão evidentes. A impressão que me deixou é que é um filme bom para quem leu, muito bom para quem tinha interesse em ler, mas inconsistente e pouco concreto para quem não leu ou nem sequer sabia que era uma adaptação. Ao final do filme, muitos questionamentos ficam para quem não conhece a história.

Assista ao trailer do filme:



Qual é a sua opinião sobre o filme/livro? Deixe seu comentário! Ele é importante! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário