26 de jan de 2012

A voz divina de Leigh Nash


Talvez você não saiba quem é Leigh Nash, mas, provavelmente, já ouviu Kiss Me, um supersucesso do final dos anos 90. A música fez parte da trilha sonora do filme "Ela é Demais" (She's All That), que eu _ainda_ não assisti (e só vou assistir por causa da música).

A primeira vez que ouvi a voz de Leigh eu deveria ter meus 7 anos. Um dos meus irmãos ouvia Sixpence None The Richer, e, às vezes, quando eu usava o computador, acabava me interessando pelas músicas que ele baixava. E desde então eu gosto muito! Além de me identificar com muitas letras, o estilo musical é muito agradável. Para mim tem um gosto nostálgico.


Integrante da banda Sixpence None The Richer, Leigh, além de participar do projeto Fauxliage, já lançou dois álbuns em carreira solo. O mais recente foi lançado em novembro do ano passado, e se chama "Hymns And Sacred Songs", este focado em músicas cristãs. A sonoridade é maravilhosa! A voz de Leigh Nash é divinamente angelical, extremamente deliciosa de se ouvir.


A banda Sixpence surgiu em 1992 e encerrou suas atividades em 2004, voltando à ativa em 2008 com o EP "My Dear Machine". Um álbum de inéditas deve ser lançado esse ano. Você pode encontrar álbuns deles à venda no Brasil, mas os da carreira solo de Leigh não estão disponíveis por aqui.

Recomendo tanto o trabalho solo de Leigh quanto os da sua banda. Se você aprecia músicas tranquilas, de boas letras, um pop alternativo, você vai gostar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário