29 de mar de 2010

Adeus, Izzie Stevens! :(


E não é que a Katherine Heigl abandonou mesmo Grey's Anatomy?!
 
Katherine é capa da revista Entertainment Weekly da semana passada (na imagem acima), e diz "I'm Sorry" para os fãs telespectadores. Katherine falou que questões familiares a fizeram abandonar o seriado, e não por ela querer se dedicar aos filmes, como diziam por aí. Ela ainda disse que a notícia é triste, mas é o que ela queria.

Putz, Katherine! É triste, mas é o que você quer? Boa! Vou atropelar meu cachorro. É triste, mas é o que eu quero. Qualquer outra declaração soaria melhor que essa.

Eu amo Grey's Anatomy e acho a Izzie Stevens, personagem da Katherine, incrível. Mas nem só ela é incrível. O modo como as coisas acontecem em Grey's também é incrível. Incrivelmente estúpido. O George, interpretado pelo T.R. Knight, morreu aos poucos na série e assim foi com a Izzie. A personagem simplesmente desapareceu, ficou de lado nesta 6ª temporada. Logo ela que esteve tão presente em momentos especiais como a morte do Denny e a sua superação ao câncer.

Poxa! Se tá afim de deixar a série, expõe logo em vez de ficar gravando um episódio aqui e outro acolá. Prefiriria que Izzie morresse em vez de ter um final tão medíocre. Admiro a Katherine e desejo que ela tenha muito sucesso nos próximos trabalhos dela. Mas é inegável que o papel mais importante de sua carreira foi a Izzie.

Ela não teve nenhum respeito com os fãs da série, nem ao menos para gravar UM último episódio com um final decente para a sua personagem. Triste para mim e para todo fã do seriado.

24 de mar de 2010

Eu e o BBB 10

Atenção: Este post contém ideias individuais sobre a minha visão do programa.

O que me fez querer escrever esse post? Bem, sou fã do BBB, assisti todas as edições (Sim! Há 10 anos quando eu tinha 6 anos! Por isso que sou assim meio perturbado.) e em algum momento eu ia acabar falando alguma coisa por aqui desta décima edição. Mas a eliminação de ontem da Anamara, vulgo Maroca, apressou esse momento.

Como todo "tuiteiro" viciado, eu fiquei superempolgado com o início do programa. Foi assunto do dia quando soubemos que a Tessália, a @twittess, estaria na casa. O sucesso do BBB no Twitter já estava garantido. E claro, a participação de 2 gays (sendo um Drag Queen) e uma lésbica; todo mundo já imaginava as confusões que iam rolar!

No início simpatizei com Ana Marcela, Anamara, Cadu, Dicésar, Lia e Serginho. Já não gostava do Alex nem da Josi, e fiquei satisfeito quando ela saiu na primeira semana. Já a saída da Ana Marcela na segunda semana eu detestei. Ela me cativou com o jeito nordestino de ser, aquele sotaque massa!... além de me lembrar muito uma amiga minha. De verdade, por mim ela ganharia, mas confesso que sou minoria minúscula em relação a isso. Acho que acharam ela muito "mosca morta", enfim... Seguiram as saídas de Tessália, Alex, Uilliam, Elenita, Angélica, Cacau, Eliéser; todas eu concordei, votei neles. Confesso que me arrpendi da saída da Tessália, que me causou muita raiva (como eu a odiei no tempo que ela ficou na casa!), mas se ficasse mais tempo teriam acontecido mais coisas legais pra gente assistir (BARRACOS! HAHAHA).

As 3 últimas eliminações (Michel, Serginho e Anamara) foram infelizes, não gostei. Michel foi o que sobrou do antigo clima da casa, mas era a hora dele sair. A saída de Sérgio foi uma surpresa! Boninho até avisou no seu perfil do Twitter que a disputa estava acirrada, mas a quantidade de votos foi pouca. Por isso creio que o público relaxou e acabou no que deu. E a Anamara simplesmente não podia ter saído! Não acho que tenha tido manipulação, aliás, como eu até falei no meu Twitter, a manipulação do BBB é sutil nas provas e nas edições do programa, e não nos votos! O problema é que a bendita Máfia de descoupados Dourada votou a favor da Lia, para ajudar o Marcelo. Agora a Lia tá com o "pavão" (como diz Elenita) lá em cima! Se achando... essa @#$%§&!

É válida a leitura dessa crítica do Mauricio Stycer: Edição sem contexto altera sentido da melhor disputa

Agora sobraram Dicésar, Fernanda, Cadu, Lia e Dourado na casa. Por mim nenhum deles ganharia esses 1.500.000 reais, mas não foi nada legal ver a alegria da Lia em ter ficado. Cadu caiu no meu conceito, ele é um fantoche nas mãos da Lia ciumenta, tá pagando de otário. Dourado nem se fala! Depois que voltou do primeiro paredão tudo virou flores... Não tenho esperança na vitória de Dicésar ou Fernanda, mas votarei muito para saírem os três "sarados".

Acompanho o BBB intensamente. Sinto raiva, fico triste, xingo... Dia de eliminação é o meu coração que acelera, principalmente quando alguém que gosto está no paredão. Muitos dizem que é perca de tempo, que é um programa chulo, mas isso é desculpa de quem acha que tem cultura e educação demais. BBB reflete o social do nosso país, tanto em relação aos participantes e as suas intrigas, quanto aos votos do público que escolhe tal pessoa para sair/ficar e ganhar. Eis o grande mistério: Qual o critério do público? Na verdade o público tem critérioS, uns fáceis e outros difíceis de se entender. Enquanto entendemos ou não... Que venha a final!

23 de mar de 2010

Barueri, CQC e a Televisão com GPS

Fiquei besta quando vi o Proteste Já de ontem no CQC. Quem viu me entende, e quem não viu pode assistir por aqui ou esperar a reprise do CQC de sábado pra domingo às 00:30 na Band.

O caso foi o seguinte: o pessoal do CQC resolveu doar uma televisão para uma escola em Barueri. E para ter certeza de que essa TV chegaria ao seu destino eles colocaram um GPS dentro dela! O resultado foi a formação de um circo que é bem a cara do Brasil. Incompetência, desonestidade e cara de pau. E, ah! Antes o quadro foi censurado por uma semana. Ele seria exibido na segunda da semana passada, dia 15. Mas essa censura foi até boa! Assista e tire suas próprias conclusões:












Eita, Brasil!

Lá vem a Ke$ha arrependida...


Ela surgiu cantando Tik Tok e estorou nas paradas. Confesso que a música é boa, e também gosto de Blah Blah Blah. Mas quanto a Ke$ha eu tenho meus contras.

Primeiro surgiu um rumor de que Tik Tok era plágio de uma música aí (que realmente tinham semelhanças pelo modo de que a Ke$ha e a vocalista da outra música falavam). Eu (como um idiota) fui comentar na página dela do Letras do Terra, nada ofensivo, só expondo o caso mesmo... Vieram uns fãs dela me acusar e não deu outra! Peguei um #ÓDIOMORTAL! HAHAHAHA Brincadeira! x) Mas vou argumentar...

Quem é Ke$ha no cenário da música (pelo menos por enquanto) para que tenha algum mérito e venham defendê-la com unhas e dentes?! Tik Tok foi um sucesso? Foi! Isso significa alguma coisa? Não! Rebolation tá aí, foi um "sucessão". Mas como é em inglês e blá blá blá os brasileiros adoram pagar pau.

Agora aparece Ke$ha pra vir falar de Britney Spears. Ela resolveu opinar sobre o lance da Britney usar playback e disse que "Isso é tratar as pessoas como se elas fossem estúpidas demais para perceber que você não está cantando de verdade". E ainda se gloria quando diz: "É isso que levo para os fãs e para a vida em geral. Todo meu disco é super honesto. Quando canto posso parecer uma porcaria às vezes, mas pelo menos você vai saber que estou cantando". HÁ! Se queima Ke$ha, vai...

E tem mais! Recentemente caiu na rede uma música demo que Ke$ha gravou há muito tempo onde ela "questiona a longevidade do sucesso de Britney Spears". Um trecho da música diz: "Em dez anos, Britney Spears, Britney... Quem? Só isopor dura para sempre". HÁ! [2] Vamos ver quando tempo VOCÊ vai durar. Só nisso ela já conseguiu uma legião de fãs da Britney Spears contra ela.

E tem mais! [2] (Putz, Ke$ha!) Semana passada ela zombou do astro teen em extrema ascenção, o queridinho das adolescentes, Justin Bieber. "A cantora disse que o adolescente é como um pequeno bebê e que ela adoraria empurrá-lo do palco". Tá ficando doida? As fãs do Bieber contra você mais os da Britney significa o seu fim! Ela se tocou e se desculpou no Twitter escrevendo "Caro Justin Bieber, eu sinto muito se minha brincadeira de mau gosto feriu seus sentimentos. Você é obviamente muito talentoso e eu não pretendia te ofender."

Já sobre a Britney ela pediu desculpas numa rápida entrevista durante o programa 'So You Think You Can Dance Australia' Ela disse assim: "Só para esclarecer, eu não escrevi essa música. Isso é de quando eu tinha 15 anos, e há uma razão para esta música não estar no meu CD ["Animal", lançado em 2010]. Tenho que admitir que agora eu me arrependo de ter cantado isso porque eu tenho grande respeito por ela [Britney]. Mas na época eu tinha 15 anos e não tive a coragem de rejeitar a música". Você precisa ver a cara de "Tô lascada! Fiz merda! Preciso me desculpar!" dela:




Querida Ke$ha, você não precisa sair fazendo e falando essas besteiras. Sua música tá vendendo, seu dinheiro tá chegando. Se concentre na SUA carreira e nos SEUS fãs. E se for inventar de gravar um CD country seja boa! As loiras do country Carrie Underwood, Jessica Simpson (falando nela já ouviram Who We Are?) e Jennette McCurdy estão aí (esqueci de mais alguma?)...

Se você é fã dela e ficou com muita raiva depois de tudo que leu aqui não se preocupe. Eu não fiz por mal (e não é ironia).

22 de mar de 2010

Aproveitando o momento com Belinda


No primeiro post relevante do blog resolvi fazer uma análise não muito profunda e nada tão técnica do mais novo CD da Belinda, intitulado Carpe Diem. Então vamos lá...

O lançamento oficial do disco é amanhã (23), mas o CD vazou uma ou duas semanas atrás se não me engano... A Belinda ficou irritada no Twitter (@belindapop) e saiu até palavrão (Ela é bonita, mas não tem papas na língua não!), mas a cantora já deletou as tuitadas raivosas.

E lendo na Wikipédia olha o que achei... Oh meu Deus! Vazou um novo clipe da Belinda? Não. O vídeo é da campanha publicitária da Hello Kitty Meets, no caso Hello Kitty Meets MAC. O cabelo, o laço, e o vestido são idênticos ao que a Belinda usa na capa do seu novo disco. E o ambiente aberto e claro do começo também, né? Mas lá na Wikipédia também diz que há rumores de que ela tenha comprado os direitos para a capa.




Sem mais vamos para a análise seguindo a ordem das 11 faixas...

O CD começa com Amor Transgénico. A música é leve e tem uma introdução digital muito boa que prepara muito bem pra o ritmo do álbum no geral. É uma declaração de amor com o refrão "amor, só quero você, amor, sem você não sei viver". Não é a melhor, acho que não vai emplacar...

A segunda faixa, Lolita, é mais rock e tem um refrão provocante com o trecho "sou sua perdição, te quebro o coração". Acho muito massa o final do refrão: "Ay, ay ay ay, Lolita!" Daí vem a voz com efeito digital... "Ay ay Lolita! Ay ay ay Lolita!". É o 3º single do Carpe Diem. Dá pra fazer um clipe massa!

Dopamina acalma de novo, mas a batida é mais animada do que a primeira. Belinda quer um remédio que libere dopamina e alivie a dor do fim de um relacionamento. O CD não tem uma música chamada "Carpe Diem", mas é nessa faixa que "Carpe Diem" é citado: "Fúgame amor desilucion, Carpe Diem hoy soy ressurección". É legal.

A melodia do refrão de Culpable é legal, talvez seja até aquela música que você escuta uma vez e depois se pega com o ritmo na cabeça... Pode ser uma questão de tempo, mas não gostei muito.

Egoísta é o segundo single do CD, e tem a participação de Pitbull (aquele que canta I Know You Want Me). Eles gravaram juntos pela internet, mas vão se encontrar para gravar a versão em inglês da música. A mistura techno + pop + latino deu certo. É a mais dançante do CD (Carpe Diem ou Compact Disc? Há!).

Gostei pra caramba de Cuida de Mí e tô ouvindo direto! É a mais lenta e mais deprê. A letra tem a ver com a morte de quem amamos e a saudade e dor que ela deixa.

Mi Religión também é lenta (como você deve ter percebido a maioria é assim), tem uma batida muito boa, efeitos digitais que combinam com o suave da música. A letra revela um amor muito forte, chega até a ser doentio. "Se você é minha religião e não está aqui quero me esquecer de ti" "Não quero mais chorar por ti".

O começo de Wacko lembra o começo de If U Seek Amy da Britney Spears por causa do "na na na na". A batida também lembra... Aos 01:13 de Wacko tem um loop igual ao de If U Seek Amy! Mas não estou acusando de plágio, tá na cara que não é, as músicas são super diferentes. É uma música boa, mas fica meio que "saturada" no álbum.

Belinda revelou que Maldita Suerte tem toque de música brasileira. E realmente tem! *-* É um ritmo gostoso de Bossa com Samba logo no começo, depois entra a guitarra no refrão e cobre tudo. =( Belinda disse que gosta de Tom Jobim (super influência nessa faixa), Revelação (ela até já postou trechos da música "Eu Te Quero Só Pra Mim" no twitter dela!) e NX Zero. A letra de desilusão romântica também merece meu elogio.

Sal De Mi Piel é o 1º single e penúltima faixa do Carpe Diem. "Sal da minha pele eu te amo, e te odeio, e te amo... E não posso te esquecer, tirar você de mim". Melodia bonita, calma e não tem muito vai-e-vem.

Gaia nas palavras de Belinda "é uma música que fala sobre o planeta e todo dano que temos lhe causado nos últimos anos". Nela a cantora diz à Terra: "Sei que falhei com você".

Destaque para as faixas Lolita, Egoísta, Cuida de Mí, Maldita Suerte e Sal De Mi Piel.

É um CD bom, os fãs com certeza comprarão. Acho o segundo trabalho dela (Utopía) melhor. Quem estiver abertos às compras e que gostar do estilo eu superindico. Se quiser ouvir antes de comprar vai no YouTube ou baixa o CD por aí...

Ps.: Nossa! Escrevi bastante! Será que ainda posso considerar uma "análise não muito profunda e nada técnica"?

E ele surge na blogosfera...

"Querida, cheguei!"
#musicatvetc